Nome:
Local: Brasília, DF, Brazil

Bardo da Ordem Druídica Vozes do Bosque Sagrado.

20 de julho de 2006

Origens de Algumas Expressões Populares.

Como pode alguém tornar-se um Bardo e não conhecer as expressões populares da sociedade em que vivemos?

Não pode. Um Bardo precisa saber das nuances de seu povo, independente da religião da sociedade onde viva, bem como conhecer suas histórias e suas peculiaridades.

Trago aqui algumas dessas peculiaridades. O como nasceram algumas dessas expressões que usamos no dia-a-dia.


NAS COXAS
As primeiras telhas dos telhados nas Casas aqui no Brasil eram feitas de Argila, que eram moldadas nas coxas dos escravos que vieram da Africa. Como os escravos variavam de tamanho e porte fisico, as telhas ficavam todas desiguais devido as diferentes tipos de coxas. Daí a expressao fazendo nas coxas, ou seja, de qualquer jeito.

CALCANHAR DE AQUILES
De acordo com a mitologia grega, Tétis, mãe de Aquiles, a fim de tornar seu filho indestrutível, mergulhou-o num lago mágico,segurando-o pelo calcanhar.
Na Guerra de Tróia, Aquiles foi atingido na única parte de seu corpo que não tinha proteção: o calcanhar. Portanto, o ponto fraco de uma pessoa é conhecido como calcanhar de Aquiles.

VOTO DE MINERVA
Orestes, filho de Clitemnestra, foi acusado pelo assassinato da mãe. No julgamento, houve empate entre os acusados. Coube à deusa Minerva o voto decisivo, que foi em favor do réu. Voto de Minerva é, portanto, o voto decisivo.

CASA DA MÃE JOANA
Na época do Brasil Império, mais especificamente durante a minoridade do Dom Pedro II, os homens que realmente mandavam no país costumavam se encontrar num prostíbulo do Rio de Janeiro, cuja proprietária se chamava Joana. Como esses homens mandavam e desmandavam no país, a frase casa da mãe Joana ficou conhecida como sinônimo de lugar em que ninguém manda.

CONTO DO VIGÁRIO
Duas igrejas de Ouro Preto receberam uma imagem de santa como presente. Para decidir qual das duas ficaria com a escultura, os vigários contariam com a ajuda de Deus, ou melhor, de um burro. O negócio era o seguinte: colocaram o burro entre as duas paróquias e o animalzinho teria que caminhar até uma delas. A escolhida pelo quadrúpede ficaria com a santa. E foi isso que aconteceu, só que, mais tarde, descobriram que um dos vigários havia treinado o burro. Desse modo, conto do vigário passou a ser sinônimo de falcatrua e malandragem.

FICAR A VER NAVIOS
Dom Sebastião, rei de Portugal, havia morrido na batalha de Alcácer-Quibir, mas seu corpo nunca foi encontrado. Por esse motivo, o povo português se recusava a acreditar na morte do monarca. Era comum as pessoas visitarem o Alto de Santa Catarina, em Lisboa, para esperar pelo rei. Como ele não voltou, o povo ficava a ver navios.

NÃO ENTENDO PATAVINAS
Os portugueses encontravam uma enorme dificuldade de entender o que falavam os frades italianos patavinos, originários de Pádua, ou Padova, sendo assim, não entender patavina significa não entender nada.

DOURAR A PÍLULA
Antigamente as farmácias embrulhavam as pílulas em papel dourado, para melhorar os aspecto do remedinho amargo. A expressão dourar a pílula, significa melhorar a aparência de algo.

SEM EIRA NEM BEIRA
Os telhados de antigamente possuíam eira e beira, detalhes que conferiam status ao dono do imóvel. Possuir eira e beira era sinal de riqueza e de cultura. Não ter eira nem beira significa que a pessoa é pobre, está sem grana.

O CANTO DO CISNE
Dizia-se que o cisne emitia um belíssimo canto pouco antes de morrer. A expressão canto do cisne representa as últimas realizações de alguém.

ESTÔMAGO DE AVESTRUZ
Define aquele que come de tudo. O estômago do avestruz é dotado de um suco gástrico capaz de dissolver até metais.

LÁGRIMAS DE CROCODILO
É uma expressão usada para se referir ao choro fingido. O crocodilo, quando ingere um alimento, faz forte pressão contra o céu da boca, comprimindo as glândulas lacrimais. Assim, ele chora enquanto devora a vítima.

Pesquisa realizada por autor desconhecido.


Aprenda mais ainda escutando outras expressões interessantes na música "Samba do Approach", interpretada por Zeca baleiro, e acompanhe a letra clicando aqui.

Com agradecimentos a Juliana Hardman, pelo texto e a Cecília Lóes pela música.

7 Comentários:

Anonymous Mel disse...

Li em algum lugar (talvez num Millôr desses da vida) que a expressão "cuspido e escarrado", tão popular hoje em dia, seria uma corruptela de "esculpido em Carrara". Esculpido em Carrara (um tipo de mármore, caríssimo e belíssimo), significava algo muito valioso, fino, de bom gosto e delicado. Uma obra de arte. Não tenho como confirmar a informação. Mas vale à pena uma estudada.

E eu não consigo deixar de me surpreender todas as vezes que me lembro que no filme da paixão de Cristo, do Mel Gibson, a única palavra em latim que os não entendedores de latim efetivamente entendem é o bom e sonoro "idiota!" que o centurião vocifera ao soldadinho, por usar o chicote errado... e pensar que a palavra não mudou nem um pouquinho, em tanto tempo... hehehe...

20 julho, 2006 01:39  
Blogger Tami Fada disse...

Vc gosta de Zeca Beleiro?!!


que bonito.. =)

interessante as expressões!! mts eu não conhecia..
Todos falam, mas nunca ngm parou pra pensar de onde surgiu né!!

mto interessante..

BJU mininuu...
Brisa mágica pra tua face....

20 julho, 2006 01:39  
Blogger Tatiana Mamede disse...

Ótimas escolhas de expressões.

Ri até quase chorar, aí cansei, comentei e fui dormir, então não reclama do tamanho!

kkkkkkkkk

Beijos.

20 julho, 2006 02:08  
Blogger Nika® disse...

Nossa... Muito show de bola, eu não sabia, historicamente, que o significado de algumas expressões eram assim!

Gostei do Post! Ótima Escolha!

Bjos!

20 julho, 2006 09:19  
Anonymous ocult disse...

hehehe gostei..

so q da onde vem a expressao..

"com quantos paus se faz uma canoa"

hehehe

abracos

20 julho, 2006 16:13  
Blogger Aileen disse...

Adorei esse post, Malhado!!! Muito legal mesmo!! =D
Beijos!

21 julho, 2006 14:59  
Anonymous ashore angel disse...

Realmente post muito bom,vc é phod...,com ph!rsss
Tb ri muito,havia expressões aqui que eu nun sabia da onde derivava!bjs e bençãos,bardo de mente fértil!!!

24 julho, 2006 14:57  

Postar um comentário

Links para este texto:

Criar um link

<< Voltar à página inicial