Nome:
Local: Brasília, DF, Brazil

Bardo da Ordem Druídica Vozes do Bosque Sagrado.

28 de novembro de 2006

Um Susto, um Café, um Ombro

Nesta madrugada assisti de camarote as conseqüências de um capotamento logo abaixo de minha sacada.

Graças aos Deuses, ninguém se machucou e o carro tinha seguro, mas ver 4 pessoas saírem ilesas de uma situação dessas é algo inusitado, e mais estranho foi ver a revoada de gente em cima do acidente. Lembrou-me da música "Metrópole", do Legião, e meu vizinho descreveu a cena com perfeição quando disse que "saiu gente até do bueiro". Pena eu não ter encontrado a canção pra linkar aqui.

Correira e desespero aos poucos deram lugar à razão, enquanto as vítimas esperavam a polícia e os bombeiros que nos disseram solenemente pelo telefone que não iriam porque não houve vítimas, não importando que houvesse uma pista interditada e um risco imenso de outra colisão ou não podermos lhes informar se havia alguém realmente ferido. As autoridades deveriam ser informadas de que quem liga não é necessariamente um médico pra realizar o trabalho deles da sacada de casa.

O descaso não resultou em nenhuma tragédia, pois ninguém estava ferido e os ocupantes do carro estudam medicina. Mas a visão das faíscas e da gasolina derramando quando viraram o carro deu mais uma prova do tanto que o serviço de emergência do DF é incompetente.

Por fim, depois de uma enxurrada de ligações e de não haver mais nada a fazer, aparecem os bombeiros e a polícia, bem como um carro do SAMU. Isso sabe lá quanto tempo depois.

Ao final, e não graças às autoridades, tudo acabou bem, e os meninos de sorte agora têm uma história e tanto pra contar. Na memória fica o susto, e as lembranças de ombros oferecidos pelos que ali passavam e moram, dos amigos que vieram em auxílio e da família que correu até o local, e do fim-de-noite fria aquecida por um cafezinho com biscoitos.

Veja as fotos!

Então, para lembrar a sorte que esse pessoal teve é sempre bom recordar a letra de "Dezesseis", do Legião Urbana, que conta a história de um acidente que ocorreu por essas bandas e não teve um final nada feliz.
Acompanhe a letra pelo próprio link.
Para o quarteto de sortudos.

1 Comentários:

Anonymous Tir Na Duan disse...

Tô pasma! :)

30 novembro, 2006 11:18  

Postar um comentário

Links para este texto:

Criar um link

<< Voltar à página inicial