Nome:
Local: Brasília, DF, Brazil

Bardo da Ordem Druídica Vozes do Bosque Sagrado.

18 de dezembro de 2006

Estátuas e Indagações

"Não procure pela veracidade das palavras que digo.
Busque sua verdade através das palavras que escute".

Alexandre Malhado
Muitas vezes, quando comentamos algo ou respondemos coisas a quem nos indague, somos atacados como se fôssemos nós os obstáculos a ser superados. Algumas pessoas têm essa necessidade de nos "vencer" como se elas fossem os heróis e nós os antagonistas de suas sagas pessoais. Assim, assoberbados por alguma mácula interior nada fácil de encarar, só vêm diante de si um oponente, e nunca alguém com quem seja possível trocar idéias.

A pergunta é uma ferramenta de uso muito simples. Uma pessoa faz a pergunta e a outra a responde de acordo com a própria percepção do mundo. Nada mais. Concordar ou não fica a cargo de quem recebe a resposta, e a opinião de quem responde sempre pode ser confrontada através do diálogo baseado em idéias.

Infelizmente, nem tudo o que é simples é fácil.

Quantas vezes não nos sentimos atacados e acuados ao responder alguém ou expor nossa forma de pensar numa conversa? Não digo o confronto de idéias, mas um ataque direto às nossas convicções e ao nosso direito em tê-las, numa tentativa de catequização do nosso pensamento por meio da força política ou de conceitos outros de alguma pessoa ou grupo.

Neste quadro, não há diálogo nem troca, apenas um embate inútil ou a imposição de idéias, e este tipo de intolerância deve nos servir como exemplo de que ninguém possui respostas que sirvam para todos, e que não somos obstáculos à busca de ninguém por suas verdades. O empecilho está na ignorância de quem busca, e não a resposta por ele recebida. Quem julga ter todas as respostas está petrificado demais para mover-se em busca do que quer que seja, inclusive do conhecimento.

Meu conselho? Continue sua busca e deixe as estátuas enfeitando os jardins nos quais se postaram, mas jamais se esqueça de essas estátuas cristalizaram mensagens que uma vez reavivadas podem nos servir de norte.

Escolha entre buscar ou tornar-se uma estátua, atacar que te responde ou seguir seu caminho quando atacado enquanto escuta "Another Brick in the Wall (parte 2)", interpretada pelo Pink Floyd. Assita também ao vídeo clipe e acompanhe a letra pelo próprio link e a tradução clicando aqui.

5 Comentários:

Anonymous Nil Tojal disse...

Tive um experiência parecida últimos dias, estávamos falando de crenças quando abri a boca para falar das minhas e ouvi um comentário , sua crença não existe é fantasiosa demais, eu fiquei quieto e observei, o que adiantaria eu contrapor minha idéia a essa pessoa depois desse comentário, essa pessoa demonstrou que não esta preparada para escutar nada diferente daquilo que ja lhe foi proposto durante sua vida, eu não serei o seu salvador e nem seu carrasco....


Tem um texto de Paulo Coelho que fala sobre isso...

Um jovem procurou o mestre para perguntar qual era o caminho da felicidade, o mestre olhou para o jovem e respondeu.. é para onde aponta seu coração...

Logo depois venho outro jovem e lhe fez a mesma pergunta.. o mestre olhou para esse jovem e respondeu... a sua felicidade não esta aqui e em nenhum lugar vc deve desistir dessa busca...

o Seu discípulo vendo isso perguntou ao mestre..
Por que as respostas diferentes...

Ele respondeu o primeiro ja estava tão certo de sua felicidade que não precisa mais de minha ajuda....

o segundo estava acreditando numa mentira... para ele encontrar a felicidade ele teria que enfrentar a si mesmo... eu so o desafiei a fazer isso.. agora ele esta la em confronto consigo.. entre fazer o que acredita ou desistir... se ele seguir o que acredita ira encontrar a felicidade pq esta escolhendo o bom combate.. se ele desistir estara mais uma indo para o início de sua caminhada...


Não cabe a mim dizer qual é a resposta correta ... so posso ensinar o caminho por onde cada um ira encotrar sua resposta.

18 dezembro, 2006 21:44  
Blogger Malhado disse...

Verificar:

1

18 dezembro, 2006 22:51  
Blogger Melian Stern disse...

Lindas, inspiradoras e verdadeiras palavars, diante de um mundo cada vez mais cheio de pessoas caóticas!

19 dezembro, 2006 11:17  
Anonymous Ninfa Lua disse...

Certa vêz lí, que obstáculos são barreiras que enchergamos quando tiramos os olhos do objetivo.

Gostei muito do texto! Parabéns!

Ninfa Lua

21 dezembro, 2006 01:29  
Anonymous Ninfa Lua disse...

Put´zzz!!! enxergar com ch foi mal xilande!!! Acho que estou com sono, só são 01:36 da manhã, não sei pq meus olhos estão fechando...

Gde abraço!
Ninfa Lua

21 dezembro, 2006 01:41  

Postar um comentário

Links para este texto:

Criar um link

<< Voltar à página inicial