Nome:
Local: Brasília, DF, Brazil

Bardo da Ordem Druídica Vozes do Bosque Sagrado.

7 de dezembro de 2006

A Paz

"Certa vez houve um concurso de pintura e o primeiro lugar seria dado ao quadro que melhor representasse a paz.

Ficaram, dentre muitos, três finalistas igualmente empatados.

O primeiro retratava uma imensa pastagem com lindas flores e borboletas que bailavam no ar acariciadas por uma brisa suave.

O segundo mostrava pássaros a voar sob nuvens brancas como a neve em meio ao azul anil do céu.

O terceiro mostrava um grande rochedo sendo açoitado pela violência das ondas do mar em meio a uma tempestade estrondosa e cheia de relâmpagos.

Mas para surpresa e espanto dos finalistas, o escolhido foi o terceiro quadro, o que retratava a violência das ondas contra o rochedo.

Indignados, os dois pintores que não foram escolhidos, questionaram o juiz que deu o voto de desempate:

— Como este quadro tão violento pode representar a paz, Sr. Juiz?

E o juiz, com uma serenidade muito grande no olhar, disse:

— Vocês repararam que em meio à violência das ondas e à tempestade há, numa das fendas do rochedo, um passarinho com seus filhotes dormindo tranqüilamente?

E os pintores sem entender responderam: sim, mas...

Antes que eles concluíssem a frase, o juiz ponderou:

— Caros amigos, a verdadeira paz é aquela que mesmo nos momentos mais difíceis nos permite repousar tranqüilos".

Autor Desconhecido


A paz não é mais que um estado de espírito, uma forma de encarar as coisas que acontecem a nossa volta dando-lhes a importância que merecem e preocupando-nos com o que possamos efetivamente resolver.

Mas dar a devida importância e virar as costasão duas coisas bem diferentes, e ainda precisamos repensar nossas atitudes, buscando não apenas a paz para nós mesmos, e sim fazendo nossa parte para implementá-la nesta "pequena pedra" na qual habitamos; e às vezes é difícil estar em paz sabendo que, por descaso e em nome do dinheiro, tantos sofrem.

Pense a respeito escutando e assistindo "The Saints Are Comming", cantada pelo U2 e pelo Green Day, utilizando o painel abaixo. Acompanhe a letra e a tradução ou assista ao vídeo clipe desta canção.



Com agradecimentos a Danieta Sette pelo texto e Inspiração.

3 Comentários:

Anonymous Tir Na Duan disse...

Nossa...
O texto me lembrou uma música.
Música essa que há pouco tempo atrás foi tema de problemas em nossos fotologs, lembra?

Cantada por Zizi Possi.
Composta por João Donato e Gilberto Gil.

A PAZ

A paz
Invadiu o meu coração
De repente me encheu de paz
Como se o vento de um tufão
Arrancasse meus pés do chão
Onde eu já não me enterro mais

A paz
Fez um mar da revolução
Invadir meu destino a paz
Como aquela grande explosão
Um bomba sobre o Japão
Fez nascer um Japão na paz

Eu pensei em mim
Eu pensei em ti
Eu chorei por nós
Que contradição
Só a guerra faz
Nosso amor em paz

Eu vim
Vim parar na beira do cais
Onde a estrada chegou ao fim
Onde o fim da tarde é lilás
Onde o mar arrebenta em mim
O lamento de tantos ais

07 dezembro, 2006 19:34  
Blogger luaazul_ disse...

Psiu
como disse no orkut
Se continuar sumido não saberá as novidades;PPP

bjusssssssssss

07 dezembro, 2006 22:09  
Blogger Su disse...

Se sentir em paz é fantástico! Pena que nem sempre conseguimos este estado!
Estranho, enquanto lia o texto lembrei-me da mesma música!

08 dezembro, 2006 03:33  

Postar um comentário

Links para este texto:

Criar um link

<< Voltar à página inicial