Nome:
Local: Brasília, DF, Brazil

Bardo da Ordem Druídica Vozes do Bosque Sagrado.

12 de fevereiro de 2007

Re-Construir

Na semana silenciosa em que nem brisa passou por aqui minha vida tornou-se turbilhão e destroços de coisas que não mais servem em minha vida.

Abracei o novo, dancei com a tempestade, e estive entre os estilhaços do carvalho e o relâmpago que dilacerava a antiga árvore, como espectador interno de uma explosão a qual não podemos explicar.

E agora, olhando os destroços sorrio, adianto o pé e reinicio a caminhada, renovado e pronto para reconstruir a torre que a inércia destruiu. Empunho minhas ferramentas, olho as pedras e o material aguardando o molde da uma nova construção. Então afasto-me dali alguns passos e puxo uma semente do bolso, para construir da única forma confiável:


E U    P L A N T O



Semeie seu novo eu ao som de "Advertising Space", na voz de Robbie Williams. Acompanhe a letra e a tradução desta canção, e boa tempestade de raios!

Em agradecimento a Taranis, meu Deus.

Marcadores:

4 Comentários:

Blogger Pagan Love Songs disse...

Trovões... ha tempos que não os escuto.
Meu carvalho começa a mostrar algumas manchas já secas de um outono que vem assobiando entre as árvores verdinhas.

Como é bom aproveitar o novo...
O frio na barriga de abraçar a novidade.
Como diz uma música do filme Pocahontas "Lá na curva o que é que vem, pra mim..."

Enfim. Ótimo novo para você, ótimas colheitas deste outono.
Abração!

Gabriel Kehdi.

12 fevereiro, 2007 17:56  
Blogger Suzana da Silva disse...

Bons ventos!
Feliz jornada!
Que seja próspera a nova morada!
Beijos

12 fevereiro, 2007 21:23  
Anonymous Mel disse...

Eliminar o velho, para que venha o novo... não, não sou serial killer de asilos...

Mas, ao que parece, esses últimos dois meses foram de desconstrução geral para todos. Agora é hora de plantar o novo.

Parabéns pelo cafofo! :)
Quando o meu estiver zerado e não parecer mais uma sucursal do inferno cristão, chamá-los-ei para um chá e para admirar a repaginação.

Quanto a minha visita, digo que será em breve... aguarde-me...

Grande beijo, irmão! :)

13 fevereiro, 2007 15:55  
Blogger Tami Fada disse...

O Carvalho se regenerou...
E com suas lascas incandecentes e abençoadas, você, enfim, também se regenerou!
=)

Fico feliz em sabê-lo... O impacto das tempestades não é nada fácil... e conseguir se regenerar, tal fato pede grande comemoração, sorrisos e canções para um Bardo!

Abraços Malhado!

by Tamira Rocha.

14 fevereiro, 2007 15:32  

Postar um comentário

Links para este texto:

Criar um link

<< Voltar à página inicial