Nome:
Local: Brasília, DF, Brazil

Bardo da Ordem Druídica Vozes do Bosque Sagrado.

13 de abril de 2007

Sobre a Fantasia e a Realidade

"Those who refuse to listen to dragons are probably condemned to live the nightmares of politicians. We like to think we live in daylight, but half the world is always dark, and fantasy, like poetry, speaks the language of the night".

"Aqueles que se recusam a escutar os dragões estão provavelmente condenados a viver o pesadelo dos políticos. Nós gostamos de pensar que vivemos na luz do dia, mas metade do mundo está sempre escuro, e a fantasia, como a poesia, fala a linguagem da noite".

Ursula K. LeGuin


Tradução: Alexandre Malhado.


Estamos acostumados demais ao "real" e preterimos o "imaginário" que, quando não nos soa ridículo, traz consigo a falsa sensação de que a fantasia é descartável. Assim, reprogramados pelo cotidiano e carentes do sonhar, vivemos um pesadelo. Mas o pior é quando nos acostumamos a essa vida cinzenta e nos tornamos parte dele. E isso é apenas o padrão.

Aproveite o final de semana para sonhar um pouco. Ouse e conheça uma realidade que você jurava que jamais esteve lá. Quebre as barreiras dos seus conceitos seguros e alçe vôos mais altos.

Ah... você acha que não tem asas? Tudo bem. Elas sabem que estão em você e, acredite, elas riem disso.


Uma feliz noite de sexta-feira 13,
um ótimo sábado 14 e
um fabuloso domingo 15!!!


Mergulhe na fantasia de si através da canção "Magic Dance", lançada por David Bowie. Conheça esse feitiço passo-a-passo tanto em inglês quanto em português e, por que não, dê uma espiadinha no vídeo que demonstra como faz.

Marcadores: , , ,

4 Comentários:

Blogger Tami Fada disse...

Oh coisa linda...

Se for para escolher entre a verdade e o mito. Escolho o mito.
Se for para escolher entre o real e o sonho. Escolho o sonho.

Nada melhor que podermos ser contadores, sonhadores e às vezes, seres imaginários!

=)
ótimos e mágicos dias para ti Malhado!

13 abril, 2007 20:31  
Anonymous Edson Marques disse...

Malhado,



Meu aplauso!



Gostei muito: temos que abandonar nossas próprias convicções.

Se não, não mudaremos nunca.

Abraços, flores, estrelas..

13 abril, 2007 21:38  
Anonymous Sabrina disse...

Tio malhado...hehehehhe

muito bom o texto..bom mesmo!!
eu sei muito bem como é viver assim!! né!
heheheheh
quebrar conceitos...to experimentando isso!

=******

16 abril, 2007 15:45  
Anonymous Adriana Helena disse...

Bruxo querido. Como é bom todas as vezes que eu venho aqui e lembro que, além de mim, existem pessoas maravilhosas que sabem viver entre os mundos!
Tristes aqueles que não conseguem essa alegria única!
Obrigada por existir!
Beijos

16 abril, 2007 17:36  

Postar um comentário

Links para este texto:

Criar um link

<< Voltar à página inicial