Nome:
Local: Brasília, DF, Brazil

Bardo da Ordem Druídica Vozes do Bosque Sagrado.

2 de maio de 2007

Uma Expêriencia do Outro Mundo

E apesar de ter sido na véspera, este não é um texto sobre Samônios...

No dia anterior ao festival fomos eu e Cecília (druidesa de nossa Ordem) ao churrasco de uma de nossas "crias". Tudo correu bem até que, já no final da festa e após dos druidistas restarem apenas nós dois e a anfitriã, a casa foi invadida por quatro ladrões.

Trancaram-nos no banheiro e começaram a pedir os bens de quem estava ali. Acuados todos tentavam jogar seus pertences no box, onde eu estava. Coloquei o que pude nos bolsos e fiquei quieto, alguns dos pertences alheios juntadas à minha aliança de noivado, tirada do dedo e posta no bolso. Eles pareciam não me enxergar, mas ameaçam matar quem estivesse escondendo coisas.

Continuei ali, uma outra preocupação em minha mente. Cecília não estava conosco.

Eu estava frio, e falava num tom calmo e definido a frase "Cadê a Cecília" sempre que os bandidos saiam do banheiro. Os presentes me pediam calma com um olhar de medo cruzando meu olhar. Não sei ainda se por preocupação ou pelo semblante de predador que assumi no momento em que me vi ameaçado e, mais ainda, aos meus.

Cecília ainda sumida, os barulhos de quebradeira no quarto cessaram. Logo depois saímos em meio aos destroços do quarto da matriarca da casa, muito fora levado.

Não achamos Cecília.

Andamos por algo entre cinco a dez minutos, várias pessoas gritando seu nome e eu em silêncio, apurando os sons e procurando sinais que me levassem a ela. Eis que da esquina, uma voz indaga: "Você está procurando a menina morta"?

O coração parou, olhei para eles e seu semblante calmo e pensei: "provavelmente ouvi coisas. Vou verificar antes de qualquer reação".

Virei a esquina, nossa amiga na frente, gritando por Cecília pois ouvira a mesma frase dos homens na esquina. Foi então que a vi. Estava bem, sã, salva e me perguntando triste se tinham roubado nossa aliança de noivado, que tirei do bolso enquanto dizia que nada havia sido levado de mim.

Ela contou que estava no quarto, e que um ladrão ameaçou matar os que ali estivessem se não destrancassem a porta. Quando a outra moça passou ela foi atrás, mas o bandido não a viu e ela se via só no meio da casa, a mais ou menos um metro de dois bandidos de costas. Ela caminhou, caminhou e de repente estava do lado de fora da casa. Passara por mais um bandido, caminhando lentamente até a salvação que só uma invisibilidade abençoada pelas fadas pode explicar. Então foi a um vizinho tentar chamar a polícia sem sucesso.

Deviam estar muito ocupados para atender ao telefone.

Saldo do assalto? Pra a casa e muitos dos presentes, muito prejuízo. Para nós, graças à proteção das fadas e dos Deuses, saímos intactos e com todos os nossos bens. Muito de valor foi deixado para trás pelos assaltantes.

Quanto à polícia, só chegou 40 minutos depois, isso porque foi chamada pelo primo da vítima que é policial também – sei lá se teriam vindo, não fosse ele os chamar. Quanto aos bandidos, deixei seu destino nas sábias mãos de Taranis.


Da experiência fica a certeza de que nossos Deuses olham por nós e a lembrança de que devemos aproveitar a presença dos que nos são caros enquanto ainda estamos a seu lado.


Aproveite o novo ciclo lembrando que no ano que vem é você quem pode estar atravessando a ponte do Outro Mundo para visitar os seus, e vivencie o próximo ciclo ao som de "Chronicles Of Life and Death", cantada pelos Good Charlotte. Acompanhe a letra pelo próprio link e a tradução clicando aqui.

Marcadores: , ,

3 Comentários:

Blogger Tami Fada disse...

Fiquei de boa aberta agora!
(coração chegou a disparar)
...

Senti-me "aliviada", confesso...

Apenas...

Abraços Malhado!
E para a Ciça tbm!

03 maio, 2007 22:13  
Anonymous Mel disse...

Puxa... tinha ficado triste por não ter ido.
Agora encontrei consolo por não ter estado lá com vocês todos (de uma forma bem ruim, diga-se de passagem!)

Que bom que todos estão bem.
Que ruim que os danos materiais foram grandes. E que bom que os Deuses protegeram a todos!

Grande beijo!

04 maio, 2007 09:15  
Blogger SamNinfaLua disse...

Poxa! Fique sabendo. Mas o mais importante é que todos estão bem.Com certeza estavam muito protegidos!!!
Abraço Queridos!

06 maio, 2007 00:58  

Postar um comentário

Links para este texto:

Criar um link

<< Voltar à página inicial