Nome:
Local: Brasília, DF, Brazil

Bardo da Ordem Druídica Vozes do Bosque Sagrado.

23 de abril de 2007

As Árvores e o Machado

Um homem foi à floresta e pediu as árvores que estas lhe doassem um cabo para o seu machado. O conselho das árvores concordou com o seu pedido e deu a ele uma jovem árvore para este fim.

Logo que o homem colocou o novo cabo no machado, começou furiosamente a usá-lo e em pouco tempo havia derrubado com seus potentes golpes, as maiores e mais nobres árvores da floresta.

Um velho Carvalho, lamenta quando a destruição dos seus companheiros já está bem adiantada, e diz a um Cedro seu vizinho:

O primeiro passo significou a perdição de todas nós. Tivéssemos respeitado os direitos daquela jovem árvore, ainda teríamos os nossos próprios e o direito de ficarmos de pé por muitos anos.

Autor: Esopo

Moral da História:
Quem menospreza ou discrimina seu semelhante, não deve se surpreender se um dia lhe fizerem a mesma coisa.


Quando busco fábulas de Esopo na Internet noto que elas sempre trazem ao final uma moral. Não concordo com muitas delas, pois a moral ali expressada não reflete meus princípios, mas em geral nelas eu encontro dicas fascinantes para compreender o pensamento cristão e, não raro, o pensamento pagão também.

Esta é uma das vezes em que ele acertou em cheio num conselho, e mais do que cobrar dos outros, devíamos aplicá-lo em nossas vidas.


Olhe ao seu redor e pense a respeito ao som de "Treefingers", uma música instrumental tocada pelo Radiohead muito interessante para meditar enquanto se contempla o balé das árvores ao vento.

Marcadores: , , , ,

2 Comentários:

Blogger Tami Fada disse...

Preciso refletir...

=)

23 abril, 2007 22:58  
Blogger Melian Stern disse...

Adoro histórias desse tipo!! São um aprendizado e tanto!!!

23 abril, 2007 23:03  

Postar um comentário

Links para este texto:

Criar um link

<< Voltar à página inicial