Nome:
Local: Brasília, DF, Brazil

Bardo da Ordem Druídica Vozes do Bosque Sagrado.

19 de outubro de 2006

O Conto, o Contador e o Fato

"I have always been one of those people who asks who is telling or who is taking the picture. Stories, if they are passed down to us, must be experienced by someone who either participated or witnessed the events, recorded by someone, told by someone, and passed down until they reach us".

"Sempre fui uma daquelas pessoas que pergunta quem está contando a estória ou quem está tirando a foto. Estórias, se elas são passadas até nós, devem ser experienciadas por alguém que ou participou u presenciou os eventos, registrados por alguém, contado por alguém, e passados adiante até nos alcançar".

Tracy Raye Hickman
Investigar a origem do conto, descobrir como tomou forma uma versão da história, é o exercício que nos faz esbarrar na compreensão dos fatos, ao invés de nos render à interpretação que dele façam.

Seja ao estudarmos o Druidismo, seja ao nos relacionarmos com o resto da humanidade, nossa vida é permeada de versões dos fatos que nos cercam e suas conseqüências. Desde a compreensão de como um celta se relacionava com uma divindade específica através do estudo insistente de um mito transliterado e corrompido até o rompimento da teia de fofocas que fingimos não presenciar à nossa volta, tudo podemos quando nos permitimos verbalizar a sentença condenada: "Por quê?".

Mas esta é apenas minha versão. Deixo a você a possibilidade de meditar sobre a frase, seus porquês e descobrir algo sobre os fatos da sua própria realidade, ao som de "Eye in the Sky", na versão regravada por Noa.
Acompanhe a letra e a tradução pelo próprio link, e assista também o vídeo clipe.

3 Comentários:

Blogger Tami Fada disse...

Interessante é vc abordar questões que dificilmente paramos para analizar, ou perceber...

=)

Beijo senhor Malhado!

o pombo está quase a caminho.. ^^

19 outubro, 2006 18:40  
Anonymous Nil Tojal disse...

hoje em dia estamos acustumados em receber todos as respostas de graça sem querermos saber de sua origem e sua veracidade...

Esquecemos com é importante o por que

19 outubro, 2006 19:56  
Anonymous Ninfa Lua disse...

É verdade, as pessoas não estão mais apáticas como antigamente,hoje questionam tudo,são dinâmicas,curiosas,até a velhice começou a ser chamada de Melhor Idade.Isso é a prova da evolução em nossas mentes através dos porquês, gerando milhares de perguntas sobre os mistérios da vida. Porquê no adiantar da idade devemos fazer crochê à computação? Porquê se socar em casa cuidando de netinhos à navegar na internet?
Meus pais estão assim.
Abração Malhado!!!
Ninfa Lua

21 outubro, 2006 00:01  

Postar um comentário

Links para este texto:

Criar um link

<< Voltar à página inicial