Nome:
Local: Brasília, DF, Brazil

Bardo da Ordem Druídica Vozes do Bosque Sagrado.

25 de outubro de 2006

Borboletear

Gira vento
Nas asas da Borboleta

Lépida e benfazeja
Brinca de mensageira
Trás vultos e histórias
Conta segredos
Suspirando amores

Gira vento
Nas asas da Borboleta

Vem brincar fagueira
Nas costas do Tempo
No útero da Terra

Gira vento
Nas asas da Borboleta

Vem apreciar o era
E o nascer do será
Vem ser inteira
Brincando com as asas da
Borboleta

Tatiana Mamede


Uma poesia, apenas para nosso deleite, nesta tarde chuvosa e fria.
Aproveitemos o ensejo para observar o clima à nossa volta e ler os sinais da Natureza, ao invés nos hipnotizarmos ante a esse punhado de pequenas letrinhas feitas de luz.


Aconchegue-se nas palavras da autora e delicie-se com as mesmas músicas que ela indicou a seus leitores no blog Confissões de Uma Pena, se sua autoria: Borboleta, cantada por Adriana Calcanhotto, e A Dança das Borboletas, interpretada por Zé Ramalho.
Clique no nome do cantor para acompanhar a letra de cada canção.

Marcadores:

1 Comentários:

Anonymous Ninfa Lua disse...

Esta poesia foi bem propícia para este dia 25 de Outubro de 2006.Porque,neste dia houve um dos mais importantes eventos astrológicos do ano: a quadratura entre Júpiter e Saturno, que se encontram em torno dos vinte e três graus do signo de Escorpião e de Leão.Como borboleta indica metamorfose e crescimento para uma nova vida, foi perfeito! Apesar desta quadratura ser indicadora de crise entre expansão e restrição. De um lado Júpiter(expansão) de outro Saturno(restrição), um expande outro contrai, remetindo-nos a buscarmos um perfeito equilíbrio entre alcances pretendidos com uma ação e os limites impostos pelas injunções da realidade, dentre outros ex.Mas o importante é que marcou profundamente seu Blog com um bichinho que representa bem esta fase neste dia, sem nem saber.Parabéns!
Abração!!! Ninfa Lua.

03 novembro, 2006 16:06  

Postar um comentário

Links para este texto:

Criar um link

<< Voltar à página inicial